Telemedicina reduz riscos durante a pandemia e é aprovada pelos pacientes

Com um crescimento de 95% entre abril e maio deste ano, na Holiste Psiquiatria a modalidade de atendimento já é a principal forma de realizar consultas, ajudando os pacientes a manterem o tratamento

A pandemia de Covid-19 foi um fator determinante para a ampliação da prática da Telemedicina, modalidade de atendimento remoto que tem sido de fundamental importância para que pacientes mantenham seus tratamentos durante o período de afastamento social. O recurso já era utilizado, mas com algumas restrições, que foram suspendidas em todo Brasil desde março. Na Holiste Psiquiatria, que já disponibilizava o serviço desde 2019, a telemedicina já apresenta um crescimento de 95% de abril para maio de 2020.

A modalidade hoje proporciona que os pacientes, em especial de patologias crônicas, o que é comum na psiquiatria, não interrompam seus tratamentos, sem riscos de contágio pelo Coronavírus para eles e pros profissionais de saúde. Além das consultas médicas, os pacientes podem também seguir com o tratamento psicológico utilizando o recurso.

No cenário atual, o medo da doença, a incerteza em relação ao futuro, o isolamento social e outros problemas ocasionados pela pandemia podem se agravar ou servir como um gatilho para transtornos como ansiedade, Síndrome do Pânico, Depressão e outros. 

 “É crucial facilitar o acesso das pessoas que apresentem qualquer tipo de desconforto psíquico de forma segura. Através da tecnologia, eles podem iniciar o contato com um profissional qualificado ou dar continuidade ao plano terapêutico sem precisar se deslocar até o consultório, garantindo o isolamento e a continuidade do tratamento”, explica o psicólogo Ueliton Pereira, Diretor Técnico da clínica Holiste Psiquiatria.

O psiquiatra Luiz Fernando Pedroso, Diretor Clínico da Holiste, ressalta que a clínica aumentou em catorze vezes sua capacidade de atendimento via Telemedicina, evitando o deslocamento dos pacientes. A tecnologia possibilita realizar consultas à distância, sendo indicado para qualquer pessoa que esteja enfrentando algum tipo de desconforto psíquico. Familiares e cuidadores que precisem de informações sobre o manejo de pacientes psiquiátricos também podem recorrer à ferramenta. 

Os atendimentos acontecem através de vídeo conferência, sendo necessário apenas uma câmera, microfone e um dispositivo com acesso à internet (smartphone, computador, notebook ou tablets).

Holiste nas redes sociais

www.facebook.com/holistepsiquiatria

www.twitter.com/holistebr

www.youtube.com/c/HolistePsiquiatria
www.instagram.com/HolistePsiquiatria

Compartilhe nas redes sociais