Novo ensino médio começa a ser implantado oficialmente nas escolas em 2022

No Bernoulli Educação, a implantação teve início de forma gradual desde 2020 e tem boa adesão por parte dos estudantes

O novo ensino médio está programado para ser implantado em todo o Brasil a partir de 2022 e trará muitas mudanças para escolas e estudantes. São previstos dois tipos de formação. Uma delas é a da Formação Geral Básica, que contempla até 1.800 horas nas três séries do Ensino Médio e é constituída pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que se expressa em um conjunto de competências e habilidades específicas de cada Área de Conhecimento, em articulação com as 10 competências gerais da educação básica. 

Na outra composição, estão os Itinerários Formativos, com, no mínimo, 1.200 horas distribuídas ao longo do ensino médio. Eles contemplam quatro áreas do conhecimento: Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas mais a Formação Técnica e Profissional, porém o Bernoulli não disponibilizará esse último. Com isso, os alunos poderão fazer a escolha sobre o caminho do aprofundamento em uma ou mais áreas de conhecimento, de acordo com a sua afinidade, interesse e objetivo de estudo.

A mudança já vinha sendo debatida há anos e será aplicada de forma gradual, ao longo dos próximos três anos, mas este processo deve ser iniciado pelas escolas agora, em 2022 e finalizada em 2024. Porém, há quem já tenha se adiantado para assegurar um caminho mais tranquilo e com menos impacto para os alunos. É o caso do Grupo Bernoulli Educação, que detém em Salvador duas escolas próprias: a unidade na Pituba e o colégio Módulo, além de três unidades em Belo Horizonte e o Bernoulli Sistema de Ensino que desenvolve soluções didáticas próprias utilizadas por mais de 700 escolas parceiras em todo o país e no Japão.

O diretor-executivo das unidades escolares do grupo, Marcos Raggazzi, conta que o modelo já vem sendo aplicado de forma gradual e pioneira nos Colégios Bernoulli e Módulo desde 2020, e que será completado nas unidades em 2023. Ele pontua que o processo exige treinamentos, adequações e pode provocar algum temor nos estudantes, mas que a experiência da implantação vem se mostrando muito positiva.  “É natural que haja um receio inicial, mas a nossa experiência mostra uma aprovação maciça do novo sistema entre os alunos”, indica.

Com as mudanças, as escolas terão a possibilidade de oferecer um ou mais itinerários, de acordo com as resoluções de cada federação brasileira. Nesse último caso, o estudante terá que fazer a opção, que pode ser ao final do 9º ano do ensino fundamental ou ao finalizar a 1ª série do ensino médio. Os Colégios Bernoulli oferecem três Itinerários Formativos – Ciências e Tecnologia, Humanidades e Saúde.

Adaptações e mudanças

Para essa implantação, Raggazzi conta que o Bernoulli desenvolveu disciplinas novas, materiais didáticos específicos e uma plataforma de aprendizado para contemplar as aulas presenciais e remotas, pois outra novidade é que o novo ensino médio permite que as escolas tenham até 20% de suas atividades oferecidas  em EaD.

O Bernoulli também desenvolveu a Jornada dos Itinerários, para colaborar na escolha dos alunos. Nesse evento, eles têm contato com profissionais do Bernoulli Sistema de Ensino, psicólogos, pedagogos e outros, que explicam passo a passo as disciplinas e conteúdos dos itinerários. Além disso, existe a Jornada das Profissões, que proporciona o contato com diversos profissionais que estão no mercado, ajudando na escolha da carreira futura.

Movimente

O material didático utilizado nos Colégios Bernoulli e nas mais de 700 instituições parceiras do Bernoulli Sistema de Ensino também está adaptado ao novo formato de aprendizado. Para isso, foi lançada a Coleção Movimente, que traz no nome a ideia de flexibilidade e possibilidades de escolha, refletindo a base do que é trazido nas normativas do novo ensino médio e do formato de trabalho no Bernoulli.

Segundo Priscilla Alcici, gestora pedagógica do Bernoulli Sistema de Ensino, a criação da Coleção Movimente passa pela ideia de que cada aluno é único e cada escola também, então a composição dos conteúdos não pode ser engessada.

“As Unidades Curriculares do Bernoulli dialogam com qualquer estrutura curricular e carga horária das escolas parceiras, contribuindo, dessa forma, para se adequar às identidades e particularidades de cada instituição. Com o Bernoulli, cada escola constrói seus itinerários de forma singular”, pontua.

A Coleção conta com materiais impressos e digitais e são repletos de objetos digitais de aprendizagem, como: podcasts, games, vídeo aulas, simuladores e vídeo resolução das questões.

Além disso, as Trilhas Digitais interdisciplinares proporcionam um fechamento de ciclo do novo ensino médio e trazem, em abordagem inteiramente criativa e integrada, temáticas fundamentais aos principais exames do país, potencializando o protagonismo dos estudantes.

Competências

A BNCC trará também dez competências gerais previstas para serem trabalhadas. Raggazzi pontua que, entre elas, a competência de Trabalho e Projeto de Vida traz uma inovação no processo educacional brasileiro.

“Para contemplar essa competência e também a de Autocuidado e Autoconhecimento, os alunos do Bernoulli participam de uma disciplina na qual, através de ferramentas, eles obtêm dados para construir a sua trajetória de carreira, metas, aspirações, as tirando do mundo das ideias e levando para as ações práticas”, comenta o diretor.

Enem

O novo formato do Enem, que será adaptado ao novo ensino médio, só será implantado em 2024. Para que os estudantes possam obter bons resultados no exame, o Bernoulli mantém a preparação para ele independente da escolha dos Itinerários Formativos, com foco no alto desempenho.

Em 2024, o Enem deve passar a ser dividido em dois dias de prova, um deles com conteúdos e habilidades contidos na Base Nacional Comum Curricular e outro com foco nos Itinerários Formativos, ou seja, específicos da área de escolha do aluno.

Sobre o Bernoulli Educação

O Bernoulli Educação acredita que se o olho brilha, muda tudo. Afinal, o Grupo tem como propósito despertar em cada aluno a vontade e a alegria de aprender. O Bernoulli prepara os estudantes para serem protagonistas do próprio futuro.

Fundado no ano 2000, o Bernoulli Educação é consolidado como um dos grupos educacionais de maior destaque no Brasil. É formado pelo Bernoulli Go, Colégio e Pré-Vestibular Bernoulli, com unidades próprias em Belo Horizonte e Salvador. Também integra o Grupo, o Bernoulli Sistema de Ensino que desenvolve soluções educacionais utilizadas por mais de 700 escolas parceiras em todo o país, entre elas estão as 10 das 50 melhores escolas do Brasil no Enem.

O Colégio Bernoulli de Belo Horizonte é 1º lugar do Brasil no Enem por seis anos. E o Colégio Bernoulli de Salvador é 1º lugar da Bahia, há três anos, entre as escolas com mais de 60 alunos. 

Compartilhe nas redes sociais