Feira das Nações desembarca no Shopping Barra

Expositores vendem peças de países como Egito, França, Marrocos, Peru, índia, Itália, Chile, Brasil e Turquia.

A Feira das Nações está na Praça Central do Barra

A Feira das Nações, evento que reúne objetos característicos e oriundos de diversas partes do mundo, acaba de desembarcar no Shopping Barra. Desta vez, a Feira ocupa um espaço ainda maior e de mais destaque no empreendimento, estando localizada na Praça Central Euvaldo Luz, até o dia 8 de agosto. Entre os países representados estão Egito, França, Marrocos, Peru, índia, Itália, Chile, Brasil e Turquia. Os visitantes podem encontrar objetos curiosos das mais diversas culturas. Do Egito, por exemplo, é possível adquirir desde uma peça mais singela, no valor de R$30, que é uma pequena múmia dentro de um sarcófago, até a peça da Ísis, Deusa do Amor, completamente esculpida em madeira, e que é vendida pelo valor de R$950. Vale lembrar que o acesso à Feira das Nações é gratuito. “Esta é uma feira muito apreciada por nossos clientes, por toda essa riqueza cultural que apresenta através das peças que estão à venda”, destaca André Podhorodeski, superintendente do Shopping Barra.

Ísis, a Deusa do Amor, esculpida em madeira

Sobre a Enashopp

O Shopping Barra é administrado pela Enashopp. Com expertise nacional e internacional voltada para o desenvolvimento, implantação, comercialização e administração de shopping centers e empreendimentos empresariais e multifuncionais, a Enashopp traz em seu DNA uma cultura corporativa focada na excelência e na qualidade. Em cada empreendimento, uma estratégia diferente para atender regiões, hábitos e perfis específicos. Contando sempre com um time de profissionais com amplo know-how no mercado, a Enashopp trabalha para proporcionar experiências memoráveis aos seus clientes, criando valor por meio da construção de relações de parceria. Com mais de 30 anos no mercado, a Enashopp desenvolveu projetos na África e em todo o Brasil. São mais de 1500 profissionais administrando mais de 1 milhão de m² de área construída, com uma média de 30 milhões de pessoas/ano trafegando nos empreendimentos, 5 mil unidades gerenciadas e mais de 300 mil m² de área bruta locável (ABL).

Compartilhe nas redes sociais