Evento debate os campos de atuação para o Psicomotricista

A profissão, que foi regulamentada no Brasil em janeiro de 2019, será tema da edição do Webinar Pós UJ, promovido pela Unijorge, nesta quinta-feira (3), às 19h.

O mercado de trabalho para o profissional de Psicomotricidade, ciência dedicada ao estudo do corpo com relação ao movimento, o intelecto e o afeto, será tema da próxima edição do Webinar Pós UJ. O evento, que acontece nesta quinta-feira (dia 03), às 19h, é promovido pela Unijorge, e tem o objetivo de debater as possibilidades e os campos de atuação do psicomotricista. Os interessados podem se inscrever gratuitamente pelo site: transformauj.com.br/webinar-pos-uj.

Apesar do termo “psicomotricidade” ter sido usado em 1870, a profissão do Psicomotricista só foi regulamentada no Brasil em janeiro de 2019, através da lei federal nº 13.794. Os psicomotricistas podem atuar em hospitais, clínicas de reabilitação, creches, escolas e em empresas. “Diante do cenário atual, existe uma necessidade urgente de preparar profissionais, tanto de educação quanto de saúde, que considerem o ser humano de forma integrada, que compreendam as relações e as influências recíprocas entre psiquismo e motricidade, que estimulem a consciência corporal e o contato do indivíduo consigo mesmo, com o outro e com o meio”, destaca Jeane Assunção, coordenadora da especialização em Psicomotricidade da Unijorge e uma das palestrantes do evento.

Além de Jeane Assunção, que é doutora em Ciências da Educação, psicomotricista, coordenadora e docente da especialização em Psicomotricidade da Unijorge, participam também do debate a fisioterapeuta, psicomotricista e docente da especialização em  Psicomotricidade da Unijorge, Jéssica Damasceno; e as alunas da especialização em Psicomotricidade da Unijorge, a enfermeira no Hospital Sarah Kubitscheck, Kali Salgado; e a psicóloga e mestre em Família, Vera Lúcia  Santos. 

“Discutiremos sobre a abordagem conceitual sobre as pessoas com deficiência e a importância da atuação do psicomotricista no processo de inclusão da pessoa com deficiência nos aspectos familiares, ambientais e sociais”, adianta a professora Jéssica Damasceno.

Para Kali Salgado, a psicomotricidade pode auxiliar a enfermagem ao proporcionar ao paciente uma assistência de forma mais holística, como um todo. “O saber da psicomotricidade pode ser usado de forma criativa e baseado em evidências favorecerá a assistência de qualidade em vários segmentos onde o enfermeiro pode atuar”, ressalta. Opinião compartilhada pela psicóloga Vera Lúcia. “A psicologia é uma ciência que se baseia em métodos e práticas científicas que envolvem o ser humano. Dessa forma, ela contribui e se soma a psicomotricidade, pois vemos a pessoa em relação no que a compõe, ou seja, os aspectos ambientais, psíquicos e motores”, evidência.

Serviço:

O quê: Webinar Pós UJ – Tema: A Psicomotricidade e o mundo do trabalho: possibilidades e campos de atuação

Quando: quinta-feira, dia 03/12, às 19h

Onde: transformauj.com.br/webinar-pos-uj

Quem: Jeane Assunção, coordenadora e docente da especialização em Psicomotricidade da Unijorge; Jéssica Damasceno, fisioterapeuta, psicomotricista e professora da especialização em Psicomotricidade da Unijorge; Kalianne Salgado, enfermeira do Hospital Sarah Kubitscheck; e Vera Lúcia Santos, psicóloga.

Quanto: Gratuito

Compartilhe nas redes sociais