Desafios do Envelhecimento debate transtornos mentais e saúde mental na terceira idade

Envelhecer com saúde e bem-estar volta a ser pauta em evento gratuito, promovido pela clínica Holiste Psiquiatria, no próximo dia 23, às 19h. Nominado de Desafios do Envelhecimento, o debate contará com a participação do geriatra Adriano Gordilho, do Instituto Longevitat, e do psicogeriatra e psiquiatra da Holiste André Gordilho, que abordarão temas relacionados ao processo de envelhecimento e os transtornos mentais que afetam as pessoas da terceira idade.

O evento busca estimular o debate e a troca de conhecimento entre pacientes, familiares e profissionais especializados no tratamento de idosos. Nesta edição, Adriano Gordilho aborda o manejo dos quadros psicóticos, e André Gordilho fala do manejo dos quadros de depressão. 

Para o psicogeriatra, é preciso ter em mente que o processo de envelhecimento traz inúmeras mudanças na vida das pessoas.  No caso dos indivíduos que apresentam transtornos mentais, mesmo os de intensidade mais leves, o envelhecimento pode acarretar no agravamento do quadro devido a consequências características dessa fase da vida.

“A psicogeriatria lida com as especificidades da saúde mental levando em consideração a fisiologia do idoso, a saúde em geral, além de trabalhar com os familiares a melhor forma de lidar com o paciente e o processo natural da doença.  O psicogeriatra ajuda a criar estratégias compensatórias que facilitem o dia a dia e a qualidade de vida do idoso”, afirma André Gordilho, completando que no acompanhamento do paciente idoso é preciso contemplar práticas e intervenções que promovam a saúde global, buscando preservar o máximo de funcionalidade e autonomia possível.

Depressão na terceira Idade e seus sintomas

No idoso, a depressão pode ser confundida com demência ou com característica atribuídas à idade, como isolamento, dores no corpo, esquecimento e outros.

André Gordilho aponta que, quando associada ao envelhecimento, a doença ganha formas que dificultam seu diagnóstico, pois é comum os disfarces clínicos que encobrem a raiz do problema, bem como a associação à ansiedade, que responde a quase 50% dos casos de quadros depressivos no envelhecimento.

 “Por exemplo: o idoso é mais suscetível a estresses ambientais do que o jovem, e a doenças mentais secundárias às físicas. Por isso, há necessidade de ser mais minucioso na avaliação do paciente, procurar orientação com a família de histórias que o idoso não fala”, afirma o psiquiatra.

Serviço

O que: Desafios do Envelhecimento

Quando: dia 23 de outubro, às 19h

Onde: no auditório da Holiste Psiquiatria (Rua Marquês de Queluz, 323)

Inscrições: pelo site envelhecimento.holiste.com.br. As vagas são limita

Compartilhe nas redes sociais