Crianças com Down participam de campanha de sensibilização e enfrentamento ao novo coronavírus

Campanha Fique em Casa, promovida pela Apae Salvador,  traz dicas de atividades e pede para que as pessoas sigam as orientações das autoridades. Pessoas com deficiência intelectual fazem parte do grupo de risco da pandemia.

Pessoas com Síndrome de Down e outras deficiências intelectuais podem ter mais complicações com infecção do novo coronavírus.

Sempre consciente do seu papel de sensibilização e cuidados com as pessoas com deficiência intelectual e múltipla, a Apae Salvador acaba de lançar a campanha Fique em Casa em suas redes sociais, alertando sobre os riscos do novo coronavírus. Serão exibidos seis vídeos, protagonizados por jovens usuários da Apae Salvador, com dicas do que fazer neste período de quarentena, além do apelo para as pessoas ficarem em casa. Pessoas com deficiência intelectual têm uma maior dificuldade de concentração e a tolerância ao isolamento e à reclusão é menor. Vale ressaltar ainda que, a deficiência intelectual compromete o desenvolvimento e, sem os estímulos necessários, pode haver um atraso ainda maior. Por isso, a participação das famílias nesse período é essencial.

Serviços suspensos

De acordo com os decretos governamentais da Prefeitura Municipal de Salvador e do Governo do Estado da Bahia, em alinhamento com as medidas protetivas da OMS, CDC e órgãos de classe como CREMEB, CFM e ABM, a Apae Salvador ampliou as medidas protetivas em suas unidades de saúde. Tendo em vista que o público-alvo da Apae integra grupos de risco de contágio e/ou disseminação do vírus e que os ambientes ambulatoriais impelem o confinamento de grande número de pessoas, promovendo aglomerações, estarão suspensos os atendimentos do Centro Educacional Especializado, Serviço Socioassistencial, Centro Especializado em Reabilitação – CER II Coutos, os serviços do Centro Médico da Pituba para fisioterapia adulto e infantil, exames e consultas eletivas. Atendimentos agendados para este período serão remarcados após o retorno e a Instituição informará aos pacientes a nova data.

Teste do Pezinho

O ambulatório de triagem neonatal “Teste do Pezinho” está remarcando as consultas que não sejam inadiáveis, em momento inicial até a data de 10 de abril de 2020. Após esta data, os municípios devem entrar em contato para confirmar se as consultas serão ou não mantidas. Entretanto, devido à potencial gravidade das doenças detectadas pelo exame, algumas até com risco de vida, os municípios devem manter um esforço continuado em garantir a coleta do teste do pezinho para todos os recém-nascidos. Pelo mesmo motivo, as consultas de primeira vez de bebês triados pelo teste do pezinho continuarão a ser marcadas pelo serviço e realizadas nos ambulatório da Triagem Neonatal.

OBS: Podemos disponibilizar os vídeos aos veículos interessados!

Para esclarecimentos adicionais, favor contatar:

ATcom – Estratégia, Relacionamento e Conteúdo (71) 3271.7171

Andréa Castro (71) 99982-5905 I andrea@agenciaat.com

Rafael Veloso (71) 99994-2490 I rafael@agenciaat.com

Cinthya Medeiros (71) 99918-9636 I cinthya@agenciaat.com

Compartilhe nas redes sociais