Catedral Basílica será palco de apresentação de Coral do Carmo

Evento será um hino de louvor à Deus pela canonização de Irmã Dulce

A beleza do Coral do Carmo, da cidade mineira de Juiz de Fora, poderá ser apreciada durante apresentação especial na Catedral Basílica de Salvador, no próximo dia 20 de outubro, às 10h. Segundo o pároco padre Abel Pinheiro, o evento será um hino de louvor à Deus pela canonização de Irmã Dulce. “Há vários anos aguardamos esta oportunidade de receber este grupo, expectativa que agora se concretiza. Temos certeza que será um grande evento”, disse ele.

O coral reúne 45 cantores estudantes entre 9 e 14 anos, que entoam desde o canto gregoriano passando pela polifonia renascentista, até os mais contemporâneos, valorizando a música brasileira. O maestro Charles de Oliveira coordena o grupo, todos estudantes do Colégio Nossa Senhora do Carmo.

Segundo ele, o coral tem o propósito de educar e sensibilizar as crianças e adolescentes através da música, atuando também como importante auxiliar da educação formal. O grupo faz muito sucesso, já tendo se apresentado em várias cidades brasileiras.

Há 33 anos Oliveira se dedica aos corais infantis e adultos, tendo sido professor de técnica vocal do mais antigo coral de meninos do Brasil: Os Canarinhos, de Petrópolis, que se apresentou na missa presidida pelo papa João Paulo, em 1977.

Compartilhe nas redes sociais