Braskem doa 22 mil EPIs e mais de 38 mil sacos descartáveis para OSID

Material reforça higienização e proteção dos profissionais de saúde do complexo de saúde como medida de prevenção durante a pandemia do Covid-19

  •       9,5 toneladas de polipropileno foram doadas para o Grupo Lord, viabilizando a produção de 20 mil aventais hospitalares que serão enviados para a OSID

  •       38.400 mil sacos para resíduos hospitalares foram produzidos pela Termoplast a partir da doação da resina plástica, suprindo a demanda da OSID por dois meses

•       Duas mil capas plásticas foram entregues emergencialmente a partir de uma parceria da Braskem com a PHX

Foram doados 20 mil aventais hospitalares para a OSID, material que é mais eficiente na proteção dos profissionais de saúde (Divulgação | OSID)

Vinte e dois mil equipamentos de proteção individual (EPIs) e 38.400 descartáveis foram doados para as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), contribuindo com a proteção dos profissionais de saúde do Hospital Santo Antônio, pertence à entidade, e higienização da unidade de saúde. O material foi doado pela Braskem em parceria com empresas da cadeia da química e do plástico para apoiar o complexo de saúde, que recentemente registrou casos de Covid-19.

“As Obras Sociais de Irmã Dulce têm uma importante atuação na assistência à saúde na Bahia, atendendo pessoas em situação de vulnerabilidade, por isso viabilizamos essas doações, levando nossas soluções de química e plástica para que os profissionais de saúde dessa instituição atuem com segurança e proteção no combate à pandemia”, explica Carlos Alfano, Diretor Industrial da Braskem na Bahia. 

A Braskem doou 9,5 toneladas de polipropileno para o Grupo Lord, indústria especializada no desenvolvimento e na produção de filmes e embalagens plásticas flexíveis, viabilizando a fabricação 20 mil aventais hospitalares. Esse EPI, que será doado para a OSID, possui manga longa, elástico nos punhos, abertura nas costas e faixa para amarrar, sendo mais eficiente na proteção dos profissionais de saúde durante a assistência aos pacientes.

De forma emergencial, a indústria entregou duas mil capas plásticas para a OSID em uma ação conjunta com a empresa PHX. Contudo, com a necessidade de reforçar a proteção os trabalhadores que estão na linha de frente do combate ao novo Coronavírus, a companhia viabilizou a doação de mais EPIs para a instituição.

Também foi doada resina plástica para produção de 38.400 sacos plásticos para descarte de resíduos hospitalares. Esse volume é suficiente para suprir a demanda de cerca de dois meses da instituição. O material foi fabricado pela Termoplast, que produziu sacos para resíduos comuns, orgânicos e infectantes.

“Essa doação chega em um momento muito oportuno. A pandemia do novo Coronavírus exigiu a adoção de mais medidas de prevenção, aumentando o consumo de material hospitalar, e os sacos são de extrema importância no descarte dos resíduos”, destacou a líder do núcleo de Higienização da OSID, Suene Duplat.

Compartilhe nas redes sociais