Apae Salvador inaugura unidade especializada em serviços socioassistenciais com a presença de autoridades

Novo espaço voltado para Pessoas com Deficiência Intelectual (PCDI) e suas famílias tem um ambiente climatizado com 14 salas, distribuídas em dois pavimentos

Novo espaço foi inaugurado nesta quinta, 19/ Fotos: Divulgação / Apae Salvador

A Unidade São Joaquim da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae Salvador), que passa a centralizar os serviços socioassistenciais da instituição, foi inaugurada na manhã desta quinta-feira, 19, após obra de ampliação e modernização ao custo total de R$ 1.4 milhão. Com uma área construída de 861 m² e uma infraestrutura mais acessível, o novo espaço já atende 400 famílias, com a possibilidade de aumentar a capacidade em 50%, em médio prazo.

Na cerimônia – que contou com a presença de autoridades políticas, como o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, e da secretária da Promoção da Igualdade e Combate à Pobreza (Sempre), Ana Paula Matos –, foi realizada uma homenagem ao subprocurador-geral do Trabalho, o baiano  Manoel Jorge e Silva Neto.  O jurista foi reconhecido por sua trajetória e relevante contribuição para defesa dos direitos da pessoa com deficiência.

Segundo Manoel Jorge, a Apae se destaca pelo seu protagonismo. “Uma sociedade democrática, é uma sociedade inclusiva. E incluir é, antes de mais nada, realizar um ato de coração. A pessoa com deficiência intelectual tem aptidões que necessitam ser reconhecidas e a Apae tem institucionalmente um projeto vinculado a este reconhecimento”, afirmou.

A presidente da Apae Salvador, Juliana Badaró, salientou que “graças à parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), a Apae Salvador conseguiu erguer esta valorosa obra”, que se tornou uma das maiores nos últimos 20 anos. Ela ainda ressaltou o orgulho “de hoje estar inaugurando este novo espaço que amplia as possibilidades de atuação e acolhimento aos usuários e familiares, que passam a ter um destaque central também no nosso atendimento. O olhar para as famílias é fundamental para o processo de desenvolvimento e inclusão dos nossos jovens”.

O vice-prefeito Bruno Reis também pontuou a importância da instituição: “Cuidar de pessoas com deficiência é uma vocação e tem que ser feita com o coração. E a Apae faz isso, acima de tudo, com muito amor”.

Ângela Ventura, Bruno Reis, Juliana Badaró e Manoel Jorge, respectivamente

Estrutura

A nova estrutura da Unidade São Joaquim – antes Centro de Formação e Acompanhamento Profissional (Cefap) – possui ambientes climatizados, com 14 salas, distribuídas em dois pavimentos, além de uma área exclusiva para capacitação de familiares para geração de renda, cozinha industrial, refeitório, salas de oficinas e auditório para 150 pessoas.

O espaço oferece serviços como mediação socioassitencial para as Pessoas com Deficiência Intelectual (PCDI) e sua família, orientação social, espaço de convivência, projeto Envelhecer Legal, espaço para núcleo jurídico e de inclusão produtiva das famílias.

De acordo com Márcia Rocha, gestora de Assistência Social da Apae Salvador, “os serviços são destinados à superação de situações de vulnerabilidade social, decorrente da pobreza ou da falta de acesso a serviços públicos e aos direitos sociais”. 

A ideia, com a ampliação, é tornar o espaço um centro de referência na capital baiana para serviços socioassistenciais voltados às PCDI e suas famílias.  

Luiza Câmera esteve presente na inauguração

Para esclarecimentos adicionais, favor contatar:


ATcom – Estratégia, Relacionamento e Conteúdo
(71) 3271.7171
Juracy dos Anjos – interino (71) 99982-5905 I andrea@agenciaat.com
Rafael Veloso (71) 99994-2490 I rafael@agenciaat.com
Cinthya Medeiros (71) 99918-9636 I cinthya@agenciaat.com
http://www.agenciaat.com   
Compartilhe nas redes sociais